Mato Grosso em Foco Publicidade 1200x90
05/04/2023 às 16h24min - Atualizada em 05/04/2023 às 16h24min

Seduc abre consulta sobre proposta de reorganização curricular do Ensino Fundamental - SEDUC - Site

Objetivo é coletar informações e opiniões para embasar a formulação das políticas públicas para o Ensino Fundamental

https://www.secom.mt.gov.br/web/seduc/-/seduc-abre-consulta-p%C3%BAblica-para-debater-a-pol%C3%ADtica-estadual-de-educa%C3%A7%C3%A3o-especial

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) realiza, entre os dias 5 de abril e 12 de maio, consulta pública para debater a proposta de Reorganização Curricular do Ensino Fundamental. A interação entre a sociedade e instituições de apoio à educação culminará em uma audiência pública no dia 24 de maio, no auditório da Seduc, em Cuiabá.


“A consulta pública é um mecanismo democrático para ouvir a opinião dos cidadãos e pode ajudar a identificar possíveis problemas ou melhorias que podem ser feitas na proposta”, explica Mozara Zasso Spencer Guerreiro, secretária adjunta de Gestão Educacional (SAGE).

Ela observa que a educação é um dos pilares fundamentais para o desenvolvimento da sociedade e, portanto, é essencial para que todos os envolvidos tenham a oportunidade de participar e contribuir com sugestões e críticas para a melhoria do ensino.

A Seduc propõe reorganizar o currículo do Ensino Fundamental, guiado pelas políticas curriculares nacionais vigentes, pela BNCC e pelo Documento de Referência Curricular de Mato Grosso, com o objetivo de orientar o trabalho pedagógico nas escolas e promover os direitos de aprendizagem.

“O cenário atual é propício para reflexão sobre as propostas educacionais, tendo em vista a reforma curricular posta em pauta, com o currículo organizado por competências e habilidades, estabelecidas pela Base Nacional Comum Curricular e pelo Documento de Referência Curricular para o Estado de Mato Grosso”, argumenta a secretária. Nesta perspectiva, afirma que a reorganização da oferta se apresenta como indispensável.

Após a consulta pública, as sugestões serão estudadas tecnicamente, considerando a pertinência pedagógica, a legislação vigente e a viabilidade financeira.

Além da SAGE, a consulta também conta com a participação da Superintendência de Educação Básica.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://matogrossoemfoco.com.br/.