Mato Grosso em Foco Publicidade 1200x90
20/06/2023 às 12h48min - Atualizada em 21/06/2023 às 00h02min

Júlio diz que Mauro deveria deixar comando do UB e sugere Jayme ou coronel como opções

RDNews
https://www.rdnews.com.br/legislativo/julio-diz-que-mauro-deveria-deixar-comando-do-ub-e-sugere-jayme-ou-coronel-como-opcoes/177526

O deputado estadual Júlio Campos (União) tem se mostrado cada vez mais descontente com o andamento das articulações políticas dentro do partido. Na avaliação do deputado, as coisas estão caminhando devagar “quase parando” porque o presidente da sigla no Estado, governador Mauro Mendes, não tem tempo de tocar o partido e, por isso, alguns filiados já sinalizam uma possível debandada.  

“O governador Mauro Mendes é um focado nas coisas do governo. Ele tem pouco tempo para discutir os assuntos porque ele tem as atividades de governador [...] Ele mesmo entende que não tem tempo de tocar o partido. Teria que um dos vices, que são dois ou três, assumir de fato a presidência ou comando do partido para o ano que vem”, disse à imprensa. Na nova composição, o irmão de Júlio e senador Jayme Campos é o 1º vice-presidente; e o deputado federal Coronel Assis é o 2º vice-presidente. Fábio Garcia, que deixou o comando após críticas é o 3º vice-presidente.


Júlio afirma essa “dificuldade” do governador conciliar os dois cargos, de chefe do Executivo estadual e presidente do partido, tem prejudicado muito a agremiação porque alguns filiados do interior já sinalizam uma possível debandada para outra sigla por medo de não conseguir uma candidatura sólida nas eleições do ano que vem.

“Eu estou sendo pressionado. Está uma situação muito difícil. O partido está, como eu já disse, devagar, quase parando. Isso prejudica o partido, prejudica os nossos companheiros do interior que querem formar o diretório, que querem ter garantia de candidatura, que querem uma garantia de que haverá diretório. Todos os partidos estão se movimentando e levando muitos aliados nossos. Nem Cuiabá, que é a Capital, até hoje não tem diretório”, declarou.  

O governador Mauro Mendes foi eleito no dia 30 de abril, por unanimidade, presidente do Diretório Estadual do União Brasil em Mato Grosso. Ele ficará à frente do partido por um ano, com a missão de organizar a legenda para as eleições municipais de 2024.

Mauro recebeu o "bastão" das mãos de Fabio, que esteve à frente da legenda nos últimos cinco anos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://matogrossoemfoco.com.br/.