28/06/2023 às 19h19min - Atualizada em 29/06/2023 às 00h01min

Jornal diz que general russo que era próximo ao Grupo Wagner foi preso

O vice-comandante das operações militares russas na Ucrânia, general Sergei Surovikin, foi preso, de acordo com o 'Moscow Times'. O governo da Rússia ainda não comentou o caso.

G1
https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/06/28/jornal-diz-que-general-russo-que-era-proximo-do-grupo-wagner-foi-preso.ghtml


O vice-comandante das operações militares russas na Ucrânia, general Sergei Surovikin, foi preso, de acordo com o 'Moscow Times'. O governo da Rússia ainda não comentou o caso. Surovikin foi condecorado em 2017 por Putin por seus serviços militares na Síria
EPA/via BBC
O vice-comandante das operações militares russas na Ucrânia, general Sergei Surovikin, foi preso nesta quarta-feira (28), segundo informações fornecidas pelo Ministério da Defesa da Rússia para o jornal "The Moscow Times".

No sábado (24), o líder do Grupo Wagner, formado por milhares de mercenários que apoiam a Rússia na guerra da Ucrânia, ameaçou atacar o Ministério da Defesa russo e iniciou uma marcha até Moscou. O chefe do Wagner, Yevgeny Prigozhin, disse que o exército russo havia atacado um acampamento dos paramilitares.
Antes de chegar à capital da Rússia, no entanto, Prigozhin e o governo negociaram um acordo, e os paramilitares abortaram a operação
Na terça-feira (27), o jornal "The New York Times" publicou uma reportagem revelando que Surovikin, o vice-comandante, sabia que Prigozhin, do Grupo Wagner, planejava realizar uma rebelião.
As autoridades russas, no entanto, disseram que as informações publicadas pelo jornal americano eram apenas um boato.
Em seu texto, o "Moscow Times" afirma que ouviu uma fonte que tem acesso ao governo russo que disse que Surovikin teria escolhido o lado de Prigozhin durante a rebelião, e que os oficiais do exército não fazem comentários sobre a localização atual de Surovikin.
As fontes também disseram que o governo da Rússia ainda tenta descobrir se Surovikin ajudou a planejar o motim que se transformou em uma marcha sobre Moscou e se tornou a mais séria ameaça ao regime do presidente Vladimir Putin em seus 23 anos no cargo.

do G1



Fonte: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/06/28/jornal-diz-que-general-russo-que-era-proximo-do-grupo-wagner-foi-preso.ghtml


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://matogrossoemfoco.com.br/.