12/06/2024 às 20h14min - Atualizada em 13/06/2024 às 00h01min

Rosana Martinelli toma posse no Senado e sai em defesa dos atos de 8 de janeiro

A ex-prefeita de Sinop (480 km de Cuiabá), Rosana Martinelli (PL), tomou posse nesta quarta-feira (12) como senadora no lugar de Wellington Fagundes (PL), que se licenciou do cargo para passar por uma cirurgia. Durante o seu discurso de posse, a segunda suplente saiu em defesa dos atos antidemocráticos ocorridos no dia 08 de janeiro de 2023, em Brasília.Pedro França/Agência SenadoEla afirmou que, durante sua passagem pelo Congresso, pretende lutar pelo...

RDNews
https://www.rdnews.com.br/legislativo/rosana-martinelli-toma-posse-no-senado-e-sai-em-defesa-dos-atos-de-8-de-janeiro/194463

A ex-prefeita de Sinop (480 km de Cuiabá), Rosana Martinelli (PL), tomou posse nesta quarta-feira (12) como senadora no lugar de Wellington Fagundes (PL), que se licenciou do cargo para passar por uma cirurgia. Durante o seu discurso de posse, a segunda suplente saiu em defesa dos atos antidemocráticos ocorridos no dia 08 de janeiro de 2023, em Brasília.

Pedro França/Agência Senado


Ela afirmou que, durante sua passagem pelo Congresso, pretende lutar pelo direito à liberdade, se referindo ao fato de estar com o seu passaporte cancelado desde agosto do ano passado por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), após ser apontada como uma das possíveis financiadores dos atos antidemocráticos, que resultaram no ataque aos Três Poderes.
"Deus me colocou aqui como prova de não termos medo de lutar por aquilo que acreditamos. Que é o direito à vida e a liberdade que são os nossos bens mais preciosos. Tive minhas minhas contas bloqueadas e ainda possuo meu passaporte retido. Por isso, defendi e continuo defendendo a minha liberdade de expressão e me solidarizo com todos aqueles que tiveram os seus direitos violados. Espero que essa Casa possa estar ajudando todos os patriotas que querem e lutaram pela liberdade. Ainda muitos estão com esse direito impossibilitados de ter essa liberdade”, afirmou.

Fagundes se licenciou para realizar um procedimento cirúrgico para tratar de um problema na cervical. Ele ficará afastado por 121 dias, devendo retornar no dia 09 de outubro. Rosana Martinelli foi eleita em 2022 como segunda suplente de Fagundes. O primeiro é o ex-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho (PRD), que preferiu não ocupar a vaga para dar espaço para a ex-prefeita.
No momento, a bancada de Mato Grosso no Senado é composta por duas mulheres, Rosana e a Margareth Buzetti (PSD), acompanhadas por Jayme Campos (União).
Rosana Martinelli era a aposta do PL para a prefeitura de Sinop nas eleições deste ano, e a sua posse no Senado seria uma espécie de “prêmio de consolação” devido à filiação do atual gestor Municipal Roberto Dorner, por parte do Diretório Nacional.
Em julho do ano passado, Wellington se licenciou do cargo para tratar de uma lesão no ombro. À época, Mauro Carvalho assumiu o Senado permanecendo por quatro meses, sendo substituído na Casa Civil pelo deputado federal Fabio Garcia (União Brasil), que está no cargo até hoje. LICENÇA DE WELLINGTON Rosana Martinelli toma posse no Senado e sai em defesa dos atos de 8 de janeiro Rosana toma posse no Senado e sai em defesa dos atos de 8 de janeiro Suplente assumiu a vaga de Wellington Fagundes, que se licenciou para realizar um procedimento cirúrgico

Fonte: https://www.rdnews.com.br/legislativo/rosana-martinelli-toma-posse-no-senado-e-sai-em-defesa-dos-atos-de-8-de-janeiro/194463


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://matogrossoemfoco.com.br/.