Mato Grosso em Foco Publicidade 1200x90
30/03/2023 às 14h32min - Atualizada em 30/03/2023 às 14h32min

Operação Átria prendeu 322 investigados por violência doméstica e crimes contra a vida em MT

As ações tiveram foco na redução de crimes e atenderam 1.536 vítimas durante o período da operação

https://www.secom.mt.gov.br/web/pjc/-/opera%C3%A7%C3%A3o-%C3%81tria-prendeu-322-investigados-por-viol%C3%AAncia-dom%C3%A9stica-e-crimes-contra-a-vida-em-mt

 
A Polícia Civil de Mato Grosso instaurou, em um período de um mês, 668 inquéritos para apurar crimes de violência contra a mulher durante as ações da Operação Átria - uma mobilização nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em todo o País.

A operação prendeu em flagrante 322 pessoas por delitos no âmbito da violência doméstica e sexual e contra a vida em diversas cidades mato-grossenses.

As ações resultaram no atendimento a 1.536 vítimas, sendo que 63 delas foram resgatadas pelas equipes policiais de situações de maus-tratos e cárcere privado. Uma vítima foi acolhida pelas equipes de atendimento e encaminhada ao seu país natal, a Colômbia, e outra para o estado do Acre.



Além disso, outras 33 vítimas solicitaram às delegacias da Polícia Civil a retirada de pertences e foram encaminhadas para acolhimento em casas de amparo ou para residências de familiares.

Os números foram apresentados em coletiva à imprensa pelas delegadas Mariell Antonini, da Delegacia da Mulher de Várzea Grande; Jannira Laranjeira, coordenadora do Plantão da Mulher de Cuiabá, e Jozirlethe Magalhães Criveletto, da Delegacia da Mulher de Cuiabá.



A Operação Átria foi executada pelas Polícias Civis nas 27 unidades da federação, de 27 de fevereiro a 28 de março. Nesse período, foram cumpridos, em Mato Grosso, 192 mandados judiciais de prisões temporárias e preventivas, além de busca e apreensão contra investigados por crimes de violência doméstica, sexual e contra a vida.

Foram concluídos 879 inquéritos policiais para apurar inúmeros registros de crimes contra mulheres, adolescentes e crianças e outros 2.066 estão em andamento nas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher e também nas unidades municipais.

Além das ações repressivas, as equipes policiais apuraram 315 denúncias e realizaram atendimentos às vítimas. 



Foram realizadas 124 ações pedagógicas da operação, em 86 municípios do estado, com palestras, rodas de conversa, orientações e panfletagens que abrangeram público de escolas, empresas, aldeia indígena e comunidade quilombola.

De acordo com a Lei Maria da Penha, a violência doméstica e familiar é caracterizada como toda forma de violência praticada no âmbito familiar ou em razão de qualquer relação íntima de afeto e parentesco, em que o agressor conviva ou tenha convivido com a vítima.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://matogrossoemfoco.com.br/.